NWSL adia jogos após alegações de má conduta sexual do treinador

A Liga Nacional de Futebol Feminino (NWSL) adiou os jogos deste fim de semana após alegações de má conduta sexual contra o técnico do Carolina do Norte, Paul Riley.

O inglês foi demitido após uma investigação do The Athletic, que conversou com mais de uma dezena de jogadores que treinava desde 2010.

Ele negou as acusações.

“Sinto muito pela dor que tantos estão sentindo”, disse Lisa Baird, comissária da liga americana de primeira divisão.

“Reconhecendo esse trauma, decidimos não entrar em campo neste fim de semana para dar a todos um espaço para refletir.

“Os negócios normais não são nossa preocupação agora. Toda a nossa liga tem muito a se curar e nossos jogadores merecem muito mais.

“Esta pausa será o primeiro passo enquanto trabalhamos coletivamente para transformar a cultura desta liga, algo que já deveria ter sido feito há muito tempo.”

A associação de jogadores da NWSL pediu uma investigação, enquanto jogadores de alto nível, incluindo os duas vezes vencedores da Copa do Mundo, Alex Morgan e Megan Rapinoe, exigiram mudanças em toda a liga.

Riley liderou o Courage em campeonatos consecutivos da NWSL em 2018 e 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *