Cristiano Ronaldo quebra recorde internacional masculino com 110º e 111º gols

Cristiano Ronaldo quebrou o recorde mundial de gols marcados no futebol internacional masculino ao marcar seus 110º e 111º gols por Portugal em sua dramática vitória por 2 a 1 nas eliminatórias para a Copa do Mundo sobre a República da Irlanda.

O jogador de 36 anos marcou dois gols finais – para quebrar e ampliar o recorde – depois de ter um pênalti defendido por Gavin Bazunu.

Ali Daei, que marcou 109 gols pelo Irã entre 1993 e 2006, detém o recorde que Ronaldo igualou com uma dobradinha contra a França na Euro 2020.

O avançado do Manchester United também igualou o recorde europeu de Sergio Ramos em internacionalizações masculinas – com a sua 180ª participação em Portugal.

O recorde mundial – ratificado apenas pela Fifa neste verão – são 195 internacionalizações pela Malásia vencidas por Soh Chin Ann entre 1969 e 1984.

Ronaldo, que voltou da Juventus para o United no último dia, e Daei são os únicos dois jogadores do sexo masculino a marcar 90 ou mais gols internacionais.

“Estou muito feliz, não só porque bati o recorde, mas pelo momento especial que tivemos”, disse ele à RTE. “Dois golos no final do jogo. Tenho de agradecer o que a equipa fez, acreditámos até ao fim. Estou muito contente.”

Este é o mais recente marco a defender o argumento para que os portugueses sejam considerados grandes de todos os tempos.

Já é o artilheiro do principal torneio do futebol de clubes, a Taça da Europa / Liga dos Campeões, troféu que conquistou cinco vezes.

O ex-atacante do Real Madrid é também o artilheiro da história do Campeonato Europeu (14) e do Euro e das Copas do Mundo juntas (21).

Quase metade dos gols de Ronaldo aconteceram nos 30 minutos finais dos jogos.

Ele marcou 33 vezes nos últimos 15 minutos – incluindo duas contra os irlandeses – e 22 vezes entre o 61º e o 75º minuto.

Ronaldo marcou 17 vezes entre os minutos 16-30 e 16 vezes entre 31-45, sendo 11 nos primeiros 15 minutos do primeiro tempo e 12 nos primeiros 15 minutos do segundo tempo.

Cerca de 91 de seus gols foram dentro da área, com 20 de fora. Ele marcou 14 pênaltis e nove cobranças de falta.

Lituânia e Suécia – sete cada – são as seleções contra as quais ele mais marcou. Não tinha marcado à República da Irlanda antes do jogo de quarta-feira no Algarve.

Como o recorde de Ronaldo se compara

Não existe uma base de dados oficial dos melhores marcadores internacionais masculinos, o que torna difícil dizer exatamente quem está classificado onde.

Ronaldo é o primeiro com 111 e o Daei é o próximo com o 109, disso não há dúvidas.

Diz-se que Daei do Irã, que jogou pelo Bayern de Munique, quebrou o recorde da lenda húngara Ferenc Puskas em 2003 com seu 85º gol internacional. Foi nesse ano que Ronaldo fez a sua estreia internacional.

Os cínicos podem argumentar que os gols de Daei foram contra adversários mais fáceis – 95 contra outros times asiáticos.

Ele marcou oito contra as Maldivas e Laos e seis contra o Líbano.

Mas Ronaldo também se beneficiou ao enfrentar nações mais fracas, incluindo seis contra Andorra e Luxemburgo cada.

A única questão é quem está abaixo deles? Mokhtar Dahari da Malásia – que jogou nas décadas de 1970 e 80 – é creditado como o terceiro em alguns lugares com 89 gols. Um tweet da Fifa neste verão pareceu confirmar que, apesar de nunca ter sido validado oficialmente.

Puskas é definitivamente o próximo, com 84 gols em 85 partidas pela Hungria. Ele foi o melhor marcador europeu antes de Ronaldo.

Godfrey Chitalu, da Zâmbia, marcou 79 gols entre os anos 1960 e 1980 – novamente não certificado, mas também mencionado naquele tweet da Fifa.

Ronaldo dificilmente baterá o recorde mundial, incluindo o futebol feminino, da atacante canadense Christine Sinclair. Ela marcou 187 gols em 304 partidas e ainda não se aposentou.

Ronaldo vence o Messi

Nos estranhos fenômenos modernos dos fanboys de Ronaldo e Lionel Messi, esse é outro tique na coluna de Ronaldo.

Os 111 gols de Ronaldo em 180 jogos estão bem longe dos 76 gols de Messi em 151 – cerca de 0,6 gols por jogo, em comparação com 0,5.

Messi – o oitavo artilheiro do mundo – tem 34 anos e, na atual forma, precisaria jogar até os quarenta anos para alcançar 111 gols internacionais.

A notável carreira internacional de Ronaldo

O ponto alto da carreira internacional de Ronaldo foi, sem dúvida, a conquista do Euro 2016, embora tenha se lesionado no início da final.

Ele também marcou em duas semifinais do Euro, com 12 anos de diferença – contra a Holanda em 2004 e contra o País de Gales em 2016.

Seu melhor momento em uma Copa do Mundo foi um hat-trick contra a Espanha na fase de grupos, três anos atrás, na Rússia, incluindo uma cobrança de falta no final do jogo. Esse é um de seus nove “hat-tricks” internacionais – incluindo um contra a Suíça nas semifinais da Liga das Nações da Uefa 2019.

Ele também marcou em todos os nove principais torneios em que jogou – Copas do Mundo e Campeonatos Europeus. Incluindo a Copa das Confederações e a Liga das Nações, ele marcou em 11 de 11.

Ele ganhou a Chuteira de Ouro no Euro 2020 com cinco gols em quatro jogos, batendo o tcheco Patrik Schick com cinco assistências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *